27/03 - Computerworld


O novo Simples Nacional, que passa a valer a partir de 2018, a nova proposta de reforma tributária e a lei complementar 157/2016, que estabelece a cobrança do Imposto Sobre Serviços (ISS) a setores ainda não tributados, como os serviços que vendem conteúdo pela internet, devem aumentar consideravelmente os gastos das empresas do setor de tecnologia. E para evitar que essa elevação dos custos seja repassada ao consumidor ou resulte na descontinuidade dessas companhias, os empresários precisam estar atentos.

Para o tributarista e diretor da Roit Consultoria e Contabilidade, Lucas Ribeiro, caso sintam que serão prejudicadas pela elevação da carga tributária, as empresas devem reestruturar seu planejamento tributário. “Para começar, o ideal é a realização de um planejamento tributário, com revisão completa dos impactos financeiros e tributários nas contas da empresa.”


Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

0 comentários:

Postar um comentário