10/04 - Paula Salati / DCI-SP


Cresceu o número de estados onde a arrecadação do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) avançou, indicando aumento nas expectativas de lucro das empresas.

No primeiro bimestre de 2016, a receita desses dois tributos havia crescido em somente quatro unidades da federação (UFs). Já no mesmo período deste ano, a arrecadação de IRPJ/CSLL expandiu em 13 dos 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal (DF): no Acre, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rio de Janeiro, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo.

Os estados que registraram as maiores altas em termos reais (correção inflacionária) se concentram nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, como no Rio de Janeiro (+15,5%, para R$ 12,2 bilhões); Rio Grande do Sul (+11,5, para R$ 2,2 bilhões); São Paulo (+11,1%, para R$ 21,4 bilhões; Goiás (+10,4%, para R$ 605 milhões) e Mato Grosso do Sul (+10%, para R$ 211 milhões). Os dados são da Receita Federal.

Por: Kelly Oliveira - Repórter da Agência Brasil

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

0 comentários:

Postar um comentário