17/04 - Carla Lidiane Müller para Notícias Contábeis do Contabilidade na TV*


As empresas têm tido de mudar a sua forma de gestão para poder se adequar a nova realidade informatizada, a que o Fisco se adaptou.

Então a palavra-chave de alguns anos pra cá, tanto para as empresas maiores, como para as empresas médias e pequenas, tem sido as soluções em TI.

As empresas não podem mais se preocupar com procedimentos manuais, que podem ser feitos de forma digital.

Atualmente as obrigações com o Fisco já são praticamente todas em formato digital, e para que a empresa possa se manter firme cumprindo suas obrigações legais, ela precisa de ferramentas de tecnologia da informação que permitam esse gerenciamento.

Mas a empresa ainda poderá ir além, pois uma empresa informatizada não só terá melhor controle de suas obrigações. Também se tornará mais competitiva, pois conseguirá diminuir o tempo de execução de tarefas, e os colaboradores poderão produzir mais e com melhor qualidade.

A era digital para a contabilidade já é a era dos analistas, pessoas com capacidade e conhecimento para analisar e encontrar erros nas informações que são entregues ao Fisco, a qualidade será cada vez mais a prioridade, pois com a informatização, quantidade de informação e tempo de alimentação de dados em sistemas contábeis não será mais um problema tão grande.

Não importa o tamanho da empresa, não se pode mais fugir dessa realidade, foi se a época em que se falava que não precisava aprender a usar um computador, ou que a nota fiscal eletrônica e o projeto SPED não dariam certo.

O que é necessário é adaptação a cada nova rotina informatizada que o Fisco lança, e controle para garantir o cumprimento das mesmas da melhor maneira possível.

Muitas empresas já oferecem soluções em tecnologia da informação contábil, tanto para pequenos escritórios de contabilidade, quanto para os grandes.

Essas ferramentas geram não só produtividade, mas também mobilidade e um melhor relacionamento com os clientes.

Ter uma boa infraestrutura para gerenciamento, armazenamento e processamento de dados fará com que a empresa se desenvolva sempre de forma eficiente e segura.

E o escritório tem de se preocupar sempre em ter uma rotina de backups, pois de nada adiantará adquirir um sistema excelente, se não realizarem com frequência rotinas de backup.

Por isso, se você não sabe se o seu negócio está por dentro da era digital, faça algumas perguntas como: Como está o meu negócio perante meus concorrentes?
Minha empresa é produtiva o suficiente? Posso melhorar meu relacionamento com meu cliente? Minha empresa é flexível às mudanças? As rotinas de meu escritório estão funcionando corretamente?

Se alguma destas respostas apontarem que a sua empresa pode melhorar, então é aconselhável procurar rotinas informatizadas para auxiliar nessas deficiências.
Pois como diria Charles Kettering  “O problema não está em não enxergar a solução, mas em não enxergar o problema.”

Fontes utilizadas na pesquisa: 

*Carla Lidiane Müller - Bacharel em Ciências Contábeis, cursando MBA em Direito Tributário. Trabalha na SCI Sistemas Contábeis como Analista de Negócios e é articulista do Blog Contabilidade na TV desde 2016. Cursando MBA em Direito Tributário

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário