01/04 - Contabilidade na TV


O Sebrae e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) se uniram para apoiar pequenos negócios inclusivos e sociais, estimulando seu crescimento sustentável, elevando sua competitividade e fortalecendo suas capacidades de proporcionar impacto socioambiental positivo e escalável. O prazo de inscrições para a chamada de Casos Incluir 2017 termina no dia 17 de abril. Essa iniciativa visa mapear e reconhecer modelos de negócios comprometidos com a geração de impacto positivo à sociedade e com a inclusão socioeconômica de cidadãs e cidadãos de menor renda.

Podem participar potenciais empreendedores, microempreendedores individuais (MEI), donos de microempresas ou de empresas de pequeno porte e produtores rurais comprometidos com o desenvolvimento de soluções capazes de gerar impacto social positivo. Eles podem inscrever suas ideias de negócio, casos e boas práticas por meio do site do PNUD.

Serão contempladas seis categorias: ideia inovadora, negócio com soluções de impacto social, negócio com soluções de impacto ambiental, negócio de impacto em escala, negócio inclusivo em cadeias de valor, negócio rural de impacto. A chamada prevê também um reconhecimento especial às iniciativas que se destacarem nas temáticas de gênero, juventude, terceira idade e integração dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no negócio.

Desde 2014, o Sebrae incentiva a criação de negócios de impacto social em todo o país, porque acredita na força o empreendedorismo como fator capaz de transformar realidades. “O PNUD tem um vasto conhecimento sobre negócios inclusivos e sociais e a nossa parceria contribui para ampliar o acesso a mercados por esses novos modelos de negócios e fortalecer a construção de ambientes mais favoráveis para esses negócios inovadores que são capazes de incluir empreendedores de menor renda na sociedade e, ao mesmo tempo, gerar lucro”, afirma a diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes.

“O PNUD acredita que os pequenos negócios exercem um papel fundamental para encontrar soluções inovadoras capazes de potencializar o crescimento econômico, reduzir as desigualdades e promover o desenvolvimento sustentável.  Nesse sentido, nossa parceria com o Sebrae vai catalisar e reconhecer as melhores práticas dos negócios de impacto social no país que tenham como propósito de transformar para melhor a vida das pessoas”, disse Maristela Baioni, representante residente assistente para programa do PNUD no Brasil.

Os finalistas serão encaminhados aos programas de fomento a negócios de impacto social apoiados pelo governo federal, investidores, incubadoras e aceleradoras para identificação de eventuais oportunidades de incentivo, investimento e apoio à implementação. A Chamada faz parte dos esforços para a implementação da Agenda 2030, à medida que busca mapear soluções de negócios capazes de responder às demandas apontadas pelos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que têm como premissa o equilíbrio das três dimensões do desenvolvimento sustentável: econômica, social e ambiental. Lançada em setembro de 2015, a Agenda 2030 é um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade. 

Por: Agência Sebrae de Notícias

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

0 comentários:

Postar um comentário