25/04 - DCI - SP


Pesquisa do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRCSP) mostra que quase 40% das empresas contábeis registradas na Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp) não contam com registro no Conselho e estão, portanto, atuando de maneira irregular.

Hoje são 28 mil escritórios contábeis cadastrados na Jucesp. Segundo a entidade, as empresas irregulares podem colocar em risco, inclusive, os negócios dos clientes atendidos. "Empresas contábeis irregulares, assim como profissionais leigos, geram riscos para os usuários, já que é uma profissão que exige atualização constante", diz o presidente do CRCSP, Gildo Freire de Araújo.

Ele lembra que hoje há obrigatoriedade do cumprimento do Programa de Educação Continuada para algumas categorias profissionais, como auditores e profissionais que atuam em empresas de grande porte. "Em um futuro próximo, essa exigência vai atingir toda a classe contábil. E a falta de registro pode impedir o contador de se atualizar por diversos meios e em muitas instituições de ensino. E isso é muito prejudicial e impacta diretamente na boa prestação de serviços contábeis", avalia.


Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário