08/04 - Contabilidade na TV


Analisar 30 medicamentos que mais custam ao Estado e também os 52 produtos mais básicos essenciais, como combustível, café e papel A4. Esse será o primeiro trabalho do grupo que está sendo formado para levantar e formatar um banco de preços em Santa Catarina.

A iniciativa é da secretaria da Fazenda por meio do Observatório da Despesa Pública (ODP). Segundo executivos da pasta, o objetivo é atuar na despesa pública com o mesmo afinco empregado na receita.

Eles farão, dentre outras ações, cruzamento de dados para que os principais produtos adquiridos tenham seus preços referenciados pelo mercado em tempo real, a partir de notas fiscais eletrônicas.

De acordo com servidores, além de servir como ferramentas de controle dos tributos, as informações tributárias também serão instrumentos de verificação das despesas públicas.

Por: Osni Alves Jr. / Portal Contábil SC

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

0 comentários:

Postar um comentário