18/05 - Marcela Ayres / Extra


O governo federal prevê arrecadar de 2 bilhões a 3 bilhões de reais em 2017 com a renegociação de dívidas de empresas junto a agências e autarquias, e quer enviar uma medida provisória ao Congresso até o fim desta semana sobre a abertura do programa, afirmou nesta quarta-feira uma fonte com conhecimento direto do assunto.

A ideia é que a medida ampare a renegociação, em termos mais favoráveis e estendidos, de dívidas de companhias por multas e tarifas não pagas. Ela contemplaria, por exemplo, valores devidos à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e à Agência Nacional de Petróleo (ANP).

Outra fonte da equipe econômica confirmou a mobilização para envio da MP nesse prazo. Isso porque o governo divulga no dia 22, segunda-feira, seu relatório bimestral de receitas e despesas - e quer contar até lá com a previsão dos recursos extras para diminuir o tamanho do contingenciamento nos gastos públicos.


Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário