09/05 - John Pacheco - G1 AP


Apesar de registrar aumento de 11% no número de microempresas abertas em 2016, o Amapá sofre com a alta inadimplência no setor, onde mais de 70% dos 14.070 empreendimentos do tipo estão com débitos e tributos fiscais pendentes.

A informação é do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que iniciou nesta segunda-feira (8) a 9ª Semana do Microempreendedor Individual, que vai ofertar até 12 de maio atividades de regularização, capacitação, palestras e consultorias.

O diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga, explica que as dívidas das microempresas - caracterizadas por ganhar até R$ 60 mil anuais - são com valores a serem repassados para Receita Federal e Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS).

Clique aqui para continuar lendo.

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário