07/05 - Carla Lidiane Müller para Notícias Contábeis do Contabilidade na TV*


Por conta das recentes alterações trabalhistas, e as eminentes reformas previdenciárias e tributárias se enfatizará ainda mais a importância do profissional contábil ante a essas mudanças.

Os empresários muitas vezes não estarão preparados, ou estarão influenciados por polêmicas geradas pela mídia, para pode enxergar a real mudança que ocorre e vem ocorrendo.

Portanto será de responsabilidade do contador tomar as rédeas e orientar seus clientes do que está mudando e como essas mudanças afetaram os seus negócios.

O profissional contábil por sua vez também precisa estar preparado, por isso é sempre bom ficar atento as notícias, legislações publicadas, participar de cursos eventos e fóruns que estão dando foco nestas mudanças.

Se as reformas trabalhistas, previdenciária e tributária, serão capazes de diminuir os gastos públicos, aumentar os investimentos do governo, e gerar empregos ainda não se tem certeza, mas a contabilidade terá uma grande oportunidade de se mostrar ainda mais presente perante seus clientes, mostrando capacidade para poder lidar com essas mudanças e garantir uma assessoria de destaque para seus clientes.

Os profissionais da contabilidade, terão de ter condições de com o seu conhecimento de fornecer ferramentas para as empresas se planejarem e adquirirem uma nova postura frente a essas mudanças que estão ocorrendo, por isso os setores de departamento pessoal e escrita fiscal tem de dar atenção especial ao andamento dessas reformas. 

Esses segmentos da contabilidade, tem de chamar os empresários para sentar e conversar, esclarecer dúvidas, e mostrando que você está presente, que se importa, e que vai ajudar. Essas atitudes reforçam a confiança, a interação, e enriquecem o relacionamento entre o empresário e o contador.

Não é nada fácil para os empresários terem de conviver com a alta do dólar, juros, inflação, com recessão, um sistema tributário falho, em um país que vive uma crise politica manchada de corrupção. Mas é nessas horas que tem de se ter calma, é nesse momento que o contador tem de mobilizar o seu cliente a repensar a sua realidade, seus processos, fazer um planejamento a longo prazo visando o que essas alterações possivelmente o afetarão, seja positiva ou negativamente e então sair em busca de soluções que forem cabíveis.

Fontes utilizadas:

*Carla Lidiane Müller - Bacharel em Ciências Contábeis, cursando MBA em Direito Tributário. Trabalha na SCI Sistemas Contábeis como Analista de Negócios e é articulista do Blog Contabilidade na TV desde 2016. 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário