12/05 - Portal Contábil


Pela primeira vez em dez anos, a inflação acumulada em 12 meses desacelerou e ficou abaixo do centro da meta perseguida pelo Banco Central. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em abril, desceu de 4,57% para 4,08%.

Esse recuo foi possível em função de uma inflação mais baixa no mês passado. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a inflação mensal ficou em 0,14%. Essa variação foi ainda o melhor resultado para abril desde o início do Plano Real (1994).

A meta de inflação perseguida pelo Banco Central é de 4,5%, podendo variar para um nível máximo de 6% e um mínimo de 3%. Na prática, o número apresentado pelo IBGE revela que as reformas econômicas e os esforços da autoridade monetária estão reduzindo o custo de vida do brasileiro, abrindo espaço para mais crescimento, investimentos e empregos.

Diante desse desempenho, o resultado no ano está em 1,10%, percentual muito inferior aos 3,25% registrados no mesmo período do ano passado. A expectativa para este ano, segundo analistas do mercado financeiro, é de que a inflação fique em 4,01%.

Clique aqui para continuar lendo.

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário