13/06 - Contabilidade na TV


O Sescon/SC vem intensificando, nas últimas semanas, as discussões da pauta de reivindicações recebida das entidades laborais em 2017.

Representada pelo assessor jurídico, o advogado Alfredo Alexandre de Miranda Coutinho, o Sescon/SC vem discutindo com a Federação dos Trabalhadores no Comércio no Estado de Santa Catarina (Fecesc) assim como com os sindicatos laborais a ele filiados, e com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Assessoramento, Perícia, Pesquisa e Informações de Santa Catarina (Sindaspi).

As entidades laborais iniciaram reivindicando uma correção de 12% mais um aumento real de 3% nos salários. No entanto, após intensas negociações, o número que no momento se encontra na mesa de negociação é algo em torno de 5%.

O Sescon/SC, como defensor dos interesses da classe empresarial, não discute o mérito e a necessidade do aumento dos salários dos colaboradores, mas entende que na atual situação financeira que o país está passando, não há como conceder um reajuste maior que o INPC registrado no período (3,99%).

“Vivemos um momento delicado da economia, onde a tomada de decisões precipitadas podem ocasionar um agravamento da situação, culminando inclusive em demissões”, destaca o presidente Eugenio Vicenzi.

Por Sescon SC

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário