14/06 - Contabilidade na TV

Marco Santos/USP Imagens
Com a inflação em queda, a poupança voltou a ser um investimento interessante. No acumulado de 12 meses até maio, a tradicional caderneta registrou ganho real de 4,3%. Esse é o melhor resultado para o período desde 2006.

A relação entre rendimentos e inflação é importante para definir se o investidor ganhou ou perdeu dinheiro com um produto financeiro. Se a inflação é mais alta que o retorno da poupança, por exemplo, houve perda e o investimento foi corroído.

Caso o ganho da poupança supere o indicador oficial de inflação, significa que houve ganho real. Nos últimos 11 anos, apenas em 2015 a caderneta perdeu para a inflação. Entre 2010 e 2016, no entanto, o custo de vida elevado tornou os rendimentos reais da poupança pequenos, na maioria das vezes, menor que 1% ao ano.

Saldo da poupança
Esse desempenho melhor da caderneta atraiu mais poupadores em maio. No mês, a diferença entre saques e depósitos deixou um saldo positivo de R$ 292,6 milhões – esse foi o primeiro número no azul desde dezembro do ano passado, quando houve saldo positivo de R$ 10,6 bilhões.

Por Portal Brasil, com informações do Banco Central e do IBGE

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário