22/06 - Contabilidade na TV


Quarenta e uma micro e pequenas empresas, sendo 38 delas integrantes do Projeto Fiat Chrysler Automobiles (FCA), realizado pelo Sebrae em Pernambuco, participaram, no dia 19, do primeiro Encontro de Fornecedores Locais, no polo automotivo da Jeep, em Goiana. O objetivo foi o de estreitar o relacionamento entre pequenos negócios e grandes empreendimentos no estado.

"Essa é uma excelente oportunidade de criar um relacionamento com grandes empresas. O papel do Sebrae é exatamente o de ser promotor de desenvolvimento", destacou a diretora de Administração e Finanças da instituição no estado, Adriana Corte Real. Para o gerente de compras da FCA, Júlio Cesar Alves, além de estreitar laços, o evento pode suprir uma necessidade que já existe. "Temos demanda na área de eventos, gráfica e de equipamento de proteção individual, por exemplo. Temos uma aproximação muito boa com o Sebrae e esperamos que todas as empresas envolvidas no projeto continuem buscando melhorias sempre", ressaltou.

"O projeto alavancou a gestão financeira e de marketing das empresas. O Sebrae estimulou uma reestruturação que foi essencial no nosso projeto de expansão", afirmou Gutemberg Tavares, dono das empresas AG Serviços, Lincos Services e Central da Limpeza e EPI, especializadas em amarração e loneamento de veículos de carga e terceirização de mão de obra, que tem 13 anos de atuação e clientes espalhados por todo o Nordeste.

Com lojas em todos os shoppings da região metropolitana do Recife, Luiz Henrique Rodrigues, da Microart, viu na rodada de negócios uma oportunidade de ampliar a cartela de clientes. "Somos muito conhecidos pelo serviço de gráfica rápida, mas nosso forte é a sinalização para a indústria. Já fornecemos para metade das empresas localizadas na Planta da FIAT, mas queremos expandir ainda mais nossa atuação na área", disse.

O objetivo do evento foi criar um canal de comunicação entre fornecedores e grandes empresas “A intenção do evento foi de estreitar a relação e a formação de um banco de fornecedores locais. Isso irá permitir a diminuição dos custos, uma vez que haverá redução de custo no transporte", destacou Cândida Moreira, analista do Sebrae em Pernambuco e gestora do projeto.

Pesquisa de satisfação realizada no final do encontrão revelou que todas as empresas ofertantes e âncoras classificaram o evento com bom, ótimo ou excelente. A expectativa de todos foi superada ou atendida. Ao todo, 33% das empresas ofertantes concretizaram negócios, mas 100% delas enxergam possibilidade de fazê-lo em um futuro próximo.

Na primeira edição, 14 grandes empresas participaram do encontro: Jeep, Adler, Brose, Denso, Faurecia MM, Lear, MMH, CMA, PMC, Pirelli, Revistcoat, Prima Sole, Saint Gobain e Tiberina. “A intenção é que outras edições aconteçam com o mesmo formato. Esperamos que o encontro gere bons negócios para ambos os lados”, comentou a analista do Sebrae/PE.

Por Agência Sebrae de Notícias

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário