02/06 - Contabilidade na TV


O SESCAP-PR concluiu as negociações coletivas de trabalho 2017/2018 com o SINDASPP e Fórum de Ação Conjunta, fechando, assim, a Convenção Coletiva de Trabalho com vigência a partir de 1º de junho de 2017. O documento que consolida a Convenção foi assinado pelo presidente do SESCAP-PR, Mauro Kalinke, e o coordenador geral do SINDASPP, Ivo Petry Sobrinho (foto).

O índice de reajuste salarial que deverá ser adotado pelas empresas do setor de serviços da base de representação do SESCAP-PR será de 3,6%. Este mesmo índice deverá ser aplicado sobre os pisos. Entretanto, ficou definido nas negociações que, caso o INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor – do período relativo a junho de 2016 a maio de 2017 seja superior a 3,6%, passará a valer como reajuste o INPC oficial. A expectativa é que este dado seja divulgado até o próximo dia 10 de junho. “Caso isso ocorra, será celebrado termo aditivo a CCT para fixar o novo índice de correção salarial”, explicou o assessor jurídico do SESCAP-PR, Paulo José Mahlow Tricárico. Já o auxílio-alimentação foi reajustado em 6%.

Na avaliação do presidente do SESCAP-PR, Mauro Kalinke, os trabalhos neste ano transcorreram com tranquilidade e muita responsabilidade pelas entidades. “Neste período de instabilidades políticas e econômicas, o SESCAP-PR e os sindicatos laborais fizeram o possível para atender aos anseios de empresários e colaboradores”.

Novidades
A CCT 2017/2018 traz, ainda, algumas novidades. Uma delas é a cláusula nº 49, que prevê a entrega da RAIS ao sindicato laboral. Outra é a cláusula nº 50 que estabelece a entrega dos arquivos da GFIP/SEFIP ao sindicato patronal e, por fim, a cláusula nº 53, que estabelece a anuência do sindicato patronal nos acordos coletivos.

Clique aqui e confira a íntegra da CCT 2017/018.

Por Sescap PR

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário