05/07 - Contabilidade na TV


A OAB Nacional reuniu-se nesta quarta-feira (5) com parlamentares para debater saídas para a crise brasileira. O presidente da Ordem, Claudio Lamachia, recebeu na sede da entidade deputados e senadores para um debate aberto e plural sobre o atual momento do país.

Lamachia reafirmou aos parlamentares que vê como gravíssimo o momento por qual o Brasil passa. “Nosso partido é o Brasil, e nossa ideologia é a Constituição”, disse na reunião. “Nossa entidade não se envolve com paixões partidárias ou ideológicas. Todo este processo tem causado muito mal ao Brasil e é preciso achar um caminho de saída para a crise.”

Segundo o presidente, a OAB não se furtará de entrar nos debates e que irá colaborar neste momento de crise aguda, como tem feito ao longo de seus 86 anos de atuação. Só na atual gestão, desde fevereiro de 2016, relembrou Lamachia, a Ordem pediu o afastamento do então deputado Eduardo Cunha da presidência da Câmara e aprovou dois pedidos de impeachment de presidentes da República. 

“Isso só demonstra que vivemos uma crise profunda no Brasil e que ela está se agravando momento a momento. Mas essa crise não pode significar uma criminalização da política. Precisamos passar a política a limpo e reforçar a posição democrática brasileira, por meio de uma depuração do Parlamento”, afirmou.

Por fim, Lamachia agradeceu o empenho dos parlamentares da frente em buscar diálogo com entidades da sociedade civil e construir um encontro plural de ideias para o Brasil. Também chamou atenção para que, se a saída da eleição direta não for aprovada, que se busque algum nome viável para uma eventual eleição indireta. “Brasil precisa ter outras opções, senão continuaremos sangrando”, asseverou.

O presidente também se comprometeu em analisar os projetos de emenda constitucional sobre eleições para presidente da República e levá-los para debate no Conselho Pleno da OAB, órgão máximo de deliberação e decisão da entidade. 

O encontro foi proposto pelo senador João Capiberibe (PSB-AP) e reuniu lideranças de diversos partidos, tanto na Câmara quanto no Senado. Participaram da reunião nesta quarta-feira as senadoras Fátima Bezerra (PT-RN) e Lídice da Mata (PSB-BA) e os deputados Janete Capiberibe (PSB-AP), José Guimarães (PT-CE), Weverton Rocha (PDT-MA), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Wadih Damous (PT-RJ), Zenaide Maia (PR-RN), Henrique Fontana (PT-RS) e Zé Geraldo (PT-PA).

Por OAB

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário