04/07 - Ernani Fagundes / DCI-SP


A reação da indústria e o fim de desonerações fiscais elevaram em 8,43% a receita do governo com o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para R$ 3,55 bilhões em maio de 2017, em comparação com igual mês de 2016.

A maior parte desse crescimento na arrecadação é atribuído a não prorrogação neste exercício de programas setoriais de redução do IPI adotados em anos anteriores.

Ao mesmo tempo, o faturamento real da indústria brasileira aumentou 2,5% em maio em relação ao mesmo mês do ano passado, conforme relatório publicado ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Mas na visão de especialistas consultados pelo DCI, ainda é cedo para confirmar uma retomada da indústria, pois a economia emite sinais contraditórios sobre uma recuperação mais consistente no segundo semestre.

"O aumento da arrecadação e a produção mostram que a indústria sinaliza uma retomada, mas persistem as incertezas sobre investimentos", avaliou o professor de economia da Fundação de Comércio Álvares Penteado (Fecap), Joelson Sampaio.


Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário