04/08 - Bianca Klemz para Notícias Contábeis do Contabilidade na TV

Prazo para se adequar a nova regra é 13 de setembro.


Obrigatório a cerca de um ano, o exame toxicológico deve ser exigido pelas empresas ao contratar um motorista profissional. Porém, uma nova determinação entra em vigor no próximo mês.

Todos os empregadores que contratarem ou demitirem motoristas deverão informar ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) os dados referente ao exame. Deverão ser cadastrados o código e a data do exame, CNPJ do laboratório e o CRM (número de inscrição no Conselho Regional de Medicina) do médico encarregado.

A regra abrange todos os motoristas das categorias C, D e E. Enquadram-se nestas três categorias os motoristas de veículos de pequeno e médio porte, de ônibus urbanos, metropolitanos e rodoviários e motoristas de veículos de cargas em geral.

Visando aprimorar os sistemas da folha de pagamento, a SCI Sistemas Contábeis está implementando no VISUAL Practice e no ÚNICO Folha um processo para lançamento das informações dos exames toxicológicos.

Cleide de Souza, analista de negócios da linha VISUAL, conta que “a partir do dia 13 de setembro estas informações passam a ser obrigatórias. Responsável por facilitar e aprimorar o trabalho dos contadores, a SCI vai disponibilizar esta atualização ainda neste mês”, afirma.

Jení Carla Fritzke Schülter, analista de negócios na área contábil, consultora de folha de pagamento da SCI Sistemas Contábeis e especialista em eSocial questiona: “Porque implementar essa exigência no CAGED com a proximidade do eSocial que irá abranger toda a parte de saúde e medicina do trabalho?”.

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

1 comentários:

Postar um comentário