04/08 - Contabilidade na TV


O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) foi recomendado, no mês de julho, à certificação ISO 9001: 2008, norma internacional que fornece requisitos para o Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) das organizações.

Os processos certificados do CFC são: Desenvolvimento Operacional, de Fiscalização, de Registro, de Desenvolvimento Profissional, de Controle Interno, Eventos, Informática, Aquisição, Financeiro, Contabilidade, Passagens e Diárias, Departamento de Pessoal, Logística – Arquivo e Protocolo e Comunicação Social. Para o presidente do CFC, José Martonio Alves Coelho, “a certificação representa a garantia de que os processos serão executados, conforme os padrões da norma ISO 9001:2008”.

A ISO 9001, norma voltada para a satisfação do cliente, tem o impacto direto na sociedade. No caso do CFC, seus clientes internos (funcionários, Conselhos Regionais, escritórios de contabilidade, etc.) e o externos (sociedade em geral). Segundo informações do Setor de Qualidade do CFC, a cada três anos, é necessário revalidar a certificação.

A Política de Qualidade do CFC estabelece os padrões de normatização, orientação e controle das ações relacionadas ao registro e à fiscalização do exercício da profissão contábil, bem como à regulamentação da Educação Continuada, visando à melhoria contínua e à eficácia do Sistema Contábil Brasileiro.

Dentre os objetivos, destaque para a melhoria contínua e a otimização dos processos internos, promovendo a excelência nos serviços e a satisfação dos clientes internos e externos;  o aprimoramento dos canais de comunicação, estimulando a gestão e a disseminação da informação e do conhecimento; apoio, assessoria e acompanhamento dos Conselhos Regionais no cumprimento das suas atividades institucionais; e visa promover, com eficiência, ações direcionadas ao registro, à fiscalização, à normatização e ao desenvolvimento da profissão contábil.

Em 2018, o Conselho Federal irá adotar a norma ISO 9001:2015, que está em vigor. Essa nova versão traz como novidades, liderança, engajamento das pessoas, abordagem de processo, tomada de decisão baseada em evidências e gestão de riscos.

Por Fabrício Santos / Portal CFC

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário