03/08 - Contabilidade na TV


A taxa de retorno total para os proprietários de imóveis comerciais no país ficou em 1,5% no segundo trimestre, segundo o Índice Geral do Mercado Imobiliário – Comercial (IGMI-C). Os dados do indicador foram divulgados hoje (3), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

A taxa de retorno total é menor que a registrada no primeiro trimestre, que havia sido de 1,7%, e no segundo trimestre de 2016 (2,2%).

O retorno total é a taxa que o imóvel reverte para o proprietário do imóvel, considerando-se o retorno de capital, isto é, o valor de mercado do imóvel, e o retorno da renda, ou seja, a renda que se obtém trimestralmente com aquele imóvel (principalmente através de aluguéis).

A taxa de retorno de capital foi negativa no segundo trimestre deste ano: -0,2%. Já a taxa de retorno da renda ficou em 1,7% no período. Em 12 meses, a taxa de retorno total ficou em 7,2%, já que a taxa de renda fechou em 7,9% e a taxa de capital em -0,7%.

Edição: Kleber Sampaio

Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário