04/02 - Carla Lidiane Müller para Notícias Contábeis do Contabilidade na TV*


Abrir uma empresa e administrar com custos reduzidos, e com alto desempenho, credibilidade e qualidade dependem de vários fatores, mas para maximizar o crescimento o empresário já tem de pensar em iniciar a sua empresa da maneira certa.

De muitas formas uma empresa organizada terá mais benefícios que uma desorganizada, e o apoio de uma assessoria contábil é fundamental para ajudar não apenas na elaboração das demonstrações contábeis como também auxiliando na tomada de decisões em investimentos, principalmente no início de uma gestão.

O contador também poderá dar total apoio sobre a correta gestão dos documentos fiscais, ou seja, a emissão e conferência no recebimento de notas. Na verdade, essa é uma prática que muitas empresas têm de levar a sério, pois reflete diretamente na apuração de seus impostos.

Para as novas empresas também é interessante pensar em qual porte tributário deve optar, e mais uma vez entra o serviço de consultoria e execução de serviços contábeis, que darão o suporte necessário para essa importante decisão.

E também os serviços de contabilidade facilitam as rotinas de seus clientes, pois nessa área temos profissionais experientes, e conhecedores das rotinas burocráticas fiscais e contábeis que as empresas precisam cumprir.

Mas para a abertura de uma empresa de sucesso, o empresário precisa acima de tudo estar pronto e comprometido, pois manter um negócio é um grande desafio principalmente para quem está começando.

Normalmente quando se inicia o processo de abertura, é comum ficar ansioso para ter logo o seu CNPJ e o alvará para poder começar a empreender, mas é necessário ter paciência e esperar que os devidos documentos sejam protocolados na Junta Comercial do seu estado, para então receber o ok do contador para iniciar as atividades da empresa dentro da legalidade.

É importante também entender porque a sua empresa foi montada do jeito que foi, porque o porte dela é MEI, EIRELI ou LTDA, bem como é importante saber quais as atividades que foram postas na abertura de seu CNPJ como atividades desempenhadas pela empresa.

Mas outros pontos também têm de ser levados em conta, como por exemplo entender o regime tributário da sua empresa, manter a sua documentação junto a prefeitura sempre em dia, revisar o contrato social da empresa sempre que ocorrer mudanças, pagar seus impostos em dia, e o mais importante, trabalhar para conquistar os objetivos do negócio proposto.

*Carla Lidiane Müller - Bacharel em Ciências Contábeis, cursando MBA em Direito Tributário. Trabalha na SCI Sistemas Contábeis como Analista de Negócios e é articulista do Blog Contabilidade na TV desde 2016.

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!

0 comentários:

Postar um comentário